30 de maio de 2010

que o tempo nunca leve

"Que tudo seja leve de tal forma que o tempo nunca leve."
A vida não é uma sonata que, para realizar a sua beleza, tem de ser tocada até o fim. Ao contrário, a vida é um álbum de mini-sonatas. Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade. Um único momento de beleza e amor justifica a vida inteira.

Rubem Alves

29 de maio de 2010

é o mal, é o bem?

O que você tem feito?
Tem feito a cabeça,
As idéias,
Os sonhos de alguém?
Qual é mesmo o seu jeito,
Objeto, sujeito espírito,
Matéria,
Já chegou a ninguém?
Inventou sua quimera?

É o mal, é o bem?
Tem juízo perfeito,
Acredita em vida eterna?
Disse ou não disse amém?
Vai ficar,
Ou é de férias
Que você vem?

Ando com a cabeça cheia
Penso por demais da conta
Olha que a coisa tá feia
A qualquer hora alguém te apronta

Tantas pontas desatadas
Rolos que não tem mais fim
Não dá pra saber de tudo
Nada é tão claro assim

Ando com a cabeça cheia
É melhor esvaziar
O que pesa mais é o sonho
E no pensamento ele não tem lugar.
Alice Ruiz

28 de maio de 2010

não me façam ser quem não sou

Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, porque, sinceramente, sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre.
Clarice Lispector

27 de maio de 2010

se quisermos capturar os peixes grandes

"As ideias são como peixes. Se quisermos capturar peixes pequenos, podemos ficar pelas águas pouco profundas. Mas, se quisermos capturar os peixes grandes, temos de ir mais fundo. Nas águas profundas, os peixes são mais poderosos e mais puros. São enormes e abstractos. E são muito bonitos ".
David Lynch

25 de maio de 2010

ver a distância aumentar

Uma das coisas mais tristes na vida é olhar alguém, que acabou de deixá-lo, ir embora. Ver a distância entre vocês aumentar, até só restar vazio e silêncio...

19 de maio de 2010

não passou

Passou?
Minúsculas eternidades
deglutidas por mínimos relógios
ressoam na mente cavernosa.

Não, ninguém morreu, ninguém foi infeliz.
A mão - a tua mão, nossas mãos -
rugosas, têm o antigo calor
de quando éramos vivos. Éramos?

Hoje somos mais vivos do que nunca.
Mentira, estarmos sós.
Nada, que eu sinta, passa realmente.
É tudo ilusão de ter passado.

Carlos Drummond de Andrade

18 de maio de 2010

a profundeza do teu ser

O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.
O que for o teu desejo, assim será tua vontade.
O que for a tua vontade, assim serão teus atos.
O que forem teus atos, assim será teu destino. 

Brihadaranyaka Upanishad 

... mantra da semana e da vida sempre ...

14 de maio de 2010

que as vidas são como os quadros

" Tomou nota das moradas, depois apontou o que teria de comprar, um mapa grande da cidade, um cartão grosso do mesmo tamanho onde fixá-lo, uma caixa de alfinetes de cabeça colorida, vermelhos para serem percebidos à distância, que as vidas são como os quadros, precisaremos sempre de olhá-las quatro passos atrás, mesmo se um dia chegamos a tocar-lhes a pele, a sentir-lhes o cheiro, a provar-lhes o gosto. "
Todos os Nomes - José Saramago

10 de maio de 2010

amadurecer parece algo sombrio

"Às vezes é preciso recolher-se. O coração não quer obedecer, mas alguma vez aquieta; a ansiedade tem pés ligeiros, mas alguma vez resolve sentar-se à beira dessas águas. Ficamos sem falar, sem pensar, sem agir. É um começo de sabedoria, e dói. Dói controlar o pensamento, dói abafar o sentimento, além de ser doloroso parece pobre, triste e sem sentido. Amar era tão infinitamente melhor; curtir quem hoje se ausenta era tão imensamente mais rico. Não queremos escutar essa lição da vida, amadurecer parece algo sombrio, definitivo e assustador. Mas às vezes aquietar-se e esperar que o amor do outro nos descubra nesta praia isolada é só o que nos resta. Entramos no casulo fabricado com tanta dificuldade, e ficamos quase sem sonhar. Quem nos vê nos julga alheados, quem já não nos escuta pensa que emudecemos para sempre, e a gente mesmo às vezes desconfia de que nunca mais será capaz de nada claro, alegre, feliz. Mas quem nos amou, se talvez nos amar ainda há de saber que se nossa essência é ambigüidade e mutação, este silencio é tanto uma máscara quanto foram, quem sabe, um dia os seus acenos."
Lya Luft

3 de maio de 2010

a realidade é delicada demais

"Dá-me a tua mão desconhecida,
que a vida está me doendo, e não sei como falar - a realidade é delicada demais."

Clarice Lispector

2 de maio de 2010

e o vento veio

... e o vento veio ...
espalhando sentimentos ... dúvidas, medos, angustias ...
mas me fazendo perceber também que o que tenho de mais precioso é a coragem de continuar acreditando que as únicas coisas que importam são as feitas com verdade ...
Sim, apesar de tudo eu ainda acredito no amor!
... e nada ... e nem ninguém nunca vai fazer eu deixar de acreditar ...

1 de maio de 2010

abra a casa e a alma

Abra a casa e a alma pra ventania tirar tudo da ordem.
Descobrirá algo perdido...